Ir diréctamente al contenido

Já é membro? Coloque o seu nome de utilizador e password

Trabajando.com

Ficha da Oferta de Emprego

Bolsa de investigação (BI) no âmbito do projeto CoLab - Laboratório do Conhecimento

Administração Pública - Investigação e Desenvolvimento

O Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), I.P., torna público que se encontra aberto concurso para atribuição de uma Bolsa de Investigação (BI) nos termos do Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), I.P. - aprovado pelo Regulamento nº 234/2012, publicado na II Série do Diário da República de 25 de junho de 2012, alterado e republicado pelo Regulamento nº 326/2013, publicado na II Série do Diário da República de 27 de julho de 2013 e alterado pelo Regulamento nº 339/2015, publicado na II Série do Diário da República de 17 de junho de 2015, disponível para consulta em na página eletrónica da FCT -, e do Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica - aprovado pela Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto, alterado e republicado em anexo ao Decreto lei nº 202/2012, de 27 de agosto, e com as alterações introduzidas pela Lei n.º 12/2013, de 29 de janeiro, e pelo Decreto-Lei n.º 89/2013, de 9 de julho, disponível para consulta na mesma página .
As condições de atribuição da Bolsa são as que a seguir se indicam.
1. Tipo de bolsa
A bolsa a conceder será uma Bolsa de Investigação (BI) para indivíduos habilitados com o grau de Licenciado ou Mestre, tal como definido no artigo 7.º do Regulamento das Bolsas de Investigação da FCT.
2. Duração
A bolsa terá a duração de 12 meses, eventualmente renováveis.
3. Regime de atividade
A atividade a desenvolver ao abrigo da Bolsa de Investigação decorrerá em regime de dedicação exclusiva, conforme estabelecido no Estatuto do Bolseiro de Investigação e no Regulamento das Bolsas de Investigação da FCT, I.P., supracitados e disponíveis, respetivamente, nos sítios Internet do LNEC e da FCT.
4. Objeto da atividade
No exercício das suas funções, o bolseiro será chamado a desenvolver atividade de investigação científica, desenvolvimento experimental e inovação tecnológica (ID&I), bem como outras atividades científicas e técnicas (OAC&T) relacionadas com a aplicação e desenvolvimento de “abordagens colaborativas” à produção de alianças de conhecimento transdisciplinar, compreendendo as seguintes tarefas principais:
? Participação na preparação, organização e desenvolvimento de instrumentos dedicados à exploração e implementação de “abordagens colaborativas” e sua aplicação a projetos de investigação e/ou iniciativas de conceção estratégica e intervenção participada;
? Apoio à organização e facilitação de “Oficinas Colaborativas”;
? Apoio na organização e tratamento da informação produzida;
? Participação na elaboração de documentos e iniciativas de síntese e divulgação de conhecimento produzido;
? Participação em iniciativas de promoção de aprendizagens e disseminação de conhecimentos de base colaborativa.
No desenvolvimento destas tarefas, o bolseiro terá oportunidade de aprofundar e consolidar a sua formação científica e as suas competências técnicas e tecnológicas.
5. Local de trabalho
As atividades a desenvolver ao abrigo da bolsa serão realizadas nas instalações do LNEC, na Av. do Brasil, em Lisboa, sem prejuízo de eventuais deslocações de curta duração no País que a realização dessas atividades possa determinar.
6. Habilitação académica e competências requeridas
Poderão candidatar-se os detentores do grau de Licenciado ou Mestre em qualquer área de formação, que evidenciem aptidão e competências comprovadas para o objeto da atividade referido no número 4 do presente Aviso, designadamente: (i) pensamento crítico e disponibilidade para o desenvolvimento de atividades de investigação transdisciplinar; (ii) pensamento criativo e disponibilidade para o desenvolvimento de “abordagens colaborativas”; (iii) facilidade de comunicação e apetência para trabalho em equipe; e (iv) capacidade de iniciativa, autonomia e flexibilidade na organização das tarefas. O domínio fluente da língua portuguesa e da língua inglesa, falada e escrita, é condição necessária para atribuição da bolsa. Será dada preferência a candidatos que apresentem domínio de tecnologias de informação.
7. Supervisão e orientação científica
A supervisão e orientação científica das atividades a desenvolver pelo bolseiro serão asseguradas pela Dra. Maria João Lopes Freitas e o Dr. João Carlos Lutas Lutas Craveiro Sousa, investigadores do Núcleo de Estudos Urbanos e Territoriais do Departamento de Edifícios do LNEC.
8. Subsídio mensal de manutenção
A bolsa terá valor igual ao subsídio mensal de manutenção concedido pela FCT às bolsas de investigação em Portugal (cf. Anexo 1 do Regulamento das Bolsas de Investigação da FCT, I.P., correspondendo para indivíduos detentores do grau de Licenciado ao montante de € 745,00 e para indivíduos detentores do grau de Mestre ao montante de € 980,00.
O bolseiro beneficia ainda do pagamento do seguro social voluntário e de um seguro contra acidentes pessoais nas atividades desenvolvidas.
9. Métodos e critérios de seleção
As candidaturas serão primeiro analisadas em função das habilitações académicas e competências requeridas com base nos Curricula Vitae e na documentação de candidatura enviada ao LNEC, dando origem a uma pré-seleção dos candidatos que prosseguirão para uma 2ª fase de entrevistas. Os principais critérios de seleção serão a relevância do percurso académico para os objetivos da bolsa; a adequação do perfil dos candidatos para o desenvolvimento das atividades propostas; e a motivação e a experiência relevante para as atividades a desenvolver. O júri poderá não atribuir a bolsa se a avaliação do perfil dos candidatos não satisfizer as competências requeridas para atribuição da bolsa.

10. Composição do júri de seleção
O júri de seleção será constituído pelos seguintes elementos:
Presidente: Vitor Manuel Marques Campos, Chefe do Núcleo de Estudos Urbanos e Territoriais do LNEC
Vogais efetivos: Maria João Lopes Freitas, Investigadora do Núcleo de Estudos Urbanos e Territoriais do LNEC
João Carlos Lutas Craveiro Sousa, Investigador do Núcleo de Estudos Urbanos e Territoriais do LNEC
Vogal suplente: Ana Maria de Barros Duarte Fonseca, Chefe do Núcleo de Geodesia Aplicada do LNEC
Maria Rafaela de Saldanha Gonçalves Matos, Investigadora do Departamento de Hidráulica e Ambiente do LNEC
11. Documentos de candidatura
As candidaturas devem ser instruídas com os seguintes documentos:
- Carta de motivação (máximo: uma página A4).
- Certificados comprovativos da licenciatura e/ou do mestrado, com indicação da média obtida em cada ciclo de formação e da classificação obtida nas várias disciplinas. Devem sempre ser apresentados os certificados das habilitações académicas exigidas neste concurso (ou sua fotocópia), mesmo se os candidatos possuírem habilitações superiores. No caso de o candidato não conseguir obter o documento oficial comprovativo das habilitações académicas até ao termo do prazo de candidatura, pode substituí-lo por uma declaração da sua responsabilidade com o respetivo conteúdo, mantendo-se a obrigação de o entregar até à data da assinatura do contrato.
- Curriculum Vitae detalhado.
- Formulário de candidatura solicitado ao LNEC (DSRHL/DIGP) no horário de expediente: 9:00 – 12:30, 14:00 - 17:30h), ou obtido online na página eletrónica / Recrutamento.
- Documentos adicionais (com caráter facultativo), tais como cartas de referência e documentos comprovativos de estágios ou cursos complementares realizados, considerados relevantes para as atividades previstas.
Os documentos devem ser redigidos em português. Os documentos originais em língua estrangeira devem ser acompanhados da respetiva tradução para português, realizada por entidade competente e habilitada para o efeito e autenticados por esta.
12. Prazo para receção de candidaturas
A receção de candidaturas: de 19 a 30 de junho de 2017.
13. Formalização de candidaturas
As candidaturas podem ser entregues utilizando-se uma das seguintes modalidades: (a) entrega em mão, no Laboratório Nacional de Engenharia Civil, Setor de Arquivo e Expediente Geral, Avenida do Brasil 101, 1700-066 Lisboa, até à hora limite do prazo para receção de candidaturas; (b) enviadas por correio registado para o mesmo endereço postal, devendo neste caso ser expedidas até ao termo do prazo fixado para receção de candidaturas, contando para efeitos de cumprimento do prazo a data e hora do carimbo dos CTT; ou (iii) enviadas por correio eletrónico para o endereço recrutamentoarrobalnec.pt, devendo todos os documentos que as constituem dar entrada no servidor do LNEC até à hora limite do prazo indicado para receção de candidaturas. As candidaturas entregues em mão ou enviadas por correio deverão obrigatoriamente ser entregues em envelope fechado e, em todos os casos, identificar no endereço e/ou assunto “Concurso para atribuição de uma Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do “Laboratório do Conhecimento”.
14. Notificação dos resultados
Os resultados finais de cada fase de avaliação serão publicitados através de lista ordenada por nota final obtida, sendo todos os candidatos notificados por via eletrónica. Os mesmos resultados serão ainda divulgados na página eletrónica do LNEC / Recrutamento.
15. Informações
Qualquer informação complementar poderá ser solicitada através dos telefones 21 844 3892 ou 21 844 3216 ou por correio eletrónico para o endereço recrutamentoarrobalnec.pt,. Os candidatos não-residentes em Portugal poderão também encontrar informações úteis no portal EraCareers.

Bolseiro de Investigação
Bolsa de investigação (BI) no âmbito do projeto CoLab - Laboratório do Conhecimento (Todas as áreas)
1 Vaga(s)

Lisboa (Localização Lisboa)

Requisitos

Estudos mínimos Licenciatura / Mestrado Integrado
Requisitos mínimos Licenciatura ou mestrado em qualquer área de formação, que evidenciem aptidão e competências comprovadas para o objeto da atividade referido no número 4 do presente Aviso, designadamente: (i) pensamento crítico e disponibilidade para o desenvolvimento de atividades de investigação transdisciplinar; (ii) pensamento criativo e disponibilidade para o desenvolvimento de “abordagens colaborativas”; (iii) facilidade de comunicação e apetência para trabalho em equipe; e (iv) capacidade de iniciativa, autonomia e flexibilidade na organização das tarefas. O domínio fluente da língua portuguesa e da língua inglesa, falada e escrita, é condição necessária para atribuição da bolsa. Será dada preferência a candidatos que apresentem domínio de tecnologias de informação.
Idiomas Inglês ( Leitura: Nivel avançado / Escrita: Nivel avançado / Conversa: Nivel avançado )

Contrato

Tipo de contrato Outros contratos
Duração 1 ano eventualmente renovável
Horário de trabalho Horário a tempo inteiro 9:00-12:30; 14:00-17:30

Em Destaque

Fundação da Juventude com novos cursos de aprendizagem no Porto

Informática e Gestão de Redes, vendas, Hotelaria e Restauração constituem as áreas de formação dos Cursos do Sistemas de Aprendizagem para as quais Fundação da Juventude abre inscrições para o ano le

Ler artigo completo

TAP recruta Comissários/ Assistentes de Bordo com Experiência e Certificação A320

A Tap está a recrutar Comissários/ Assistentes de Bordo com Experiência e Certificação A320

Ler artigo completo

FNAC junta-se à comunidade Trabalhando e lança novo Portal de Emprego

A Fnac integra agora a maior comunidade de emprego ibero-americana

Ler artigo completo
Ver todas as notícias